Como cuidar de erisipela, remédio, o que comer

Erisipela é uma doença infecciosa causada pela Streptococcus pyogenes, uma bactéria que consegue penetrar na pele por uma ferida. Em casos mais raros, pode ser causada pela bactéria Haemophilus influenzae tipo B. A infecção gerada faz aparecer as características manchas vermelhas, o inchaço (edema), dor e, em alguns casos, bolhas (erisipela bolhosa). Normalmente a lesão da erisipela aparece nos membros inferiores, sendo que existem casos da infecção aparecer na face. Também é conhecida como esipra, zipra ou zipla. Mas como cuidar de erisipela? Qual remédio usar? É pomada? Deve-se ter controle com a alimentação? Saiba mais abaixo.

Como cuidar de erisipela

Todos medicamentos especificados abaixo devem ser administrados por dermatologista ou infectologista.

O tratamento mais comum da doença é feito com antibióticos orais para matar as bactérias. Além disso a pessoa precisa ficar de repouso e elevar os membros afetados, no caso das pernas e braços, para facilitar a redução do inchaço. Dependendo da gravidade pode ser administrado benzetacil ao paciente, penicilina por injeção intramuscular, neste caso a recuperação é mais rápida.

Em alguns casos a pessoa terá que tomar antibiótico mesmo depois da doença, para evitar que ela volte. Se ela voltar poderá ser pior, mais grave, em alguns casos podendo evoluir para elefantíase nostra.

No caso da erisipela bolhosa também é administrado creme ou pomada antimicrobiana como, por exemplo, o ácido fusídico a 2%.

Pessoas com inchaço nas pernas também podem utilizar as meias elásticas para reduzir o edema.

Como cuidar de erisipela
Como cuidar de erisipela, quais remédios usar?

O que comer? Somente tratamento caseiro adianta?

Não existem recomendações oficiais sobre os alimentos que podem ser comidos quando está com a doença. Parece não haver proibições quanto à alimentação. Converse com seu médico para saber se ele aconselha alguma mudança no que estiver comendo.

Não é recomendado fazer apenas tratamento caseiro, pois eles não curam a erisipela. Podem ajudar apenas a aliviar, mas se notar que tem algo errado entre em contato imediatamente com o médico, não espere para depois pois as bactérias vão se proliferando ficando mais difícil de controlar a doença.

Existe algum grupo de risco para erisipela?

Pessoas com excesso de peso, portadoras de diabetes não compensado, pessoas com insuficiência venosa nos membros inferiores, pessoas com problemas de coração, pessoas com problemas nos rins, pessoas com sistema imune baixo ou com doenças crônicas são grupos de risco para este tipo de infecção.

Erisipela tem cura?

Em alguns pacientes a doença pode sim ser curada, tomando os antibióticos corretamente e seguindo toda recomendação do médico. Algumas pessoas podem ter crises de repetição, quando a doença retorna após o medicamento, isto ocorre principalmente em pacientes com diabetes descontroladas ou obesos. Por isso o antibiótico deverá ser repetido periodicamente para evitar o retorno da doença.

Siga sempre as recomendações do médico tomando os medicamentos e nunca tente tratamentos alternativos com simpatias e produtos caseiros, pois não irão curar esta doença.

Como amenizar manchas da erisipela?

Normalmente as manchas irão desaparecer sozinhas com o tempo, é comum a pele ficar manchada. Mas converse com seu dermatologista, ele poderá indicar um creme clareador para ajudar o processo.

Como prevenir contra?

Sempre enxugue bem os pés e entre os dedos para não ocorrerem frieiras que podem facilitar a entrada das bactérias da erisipela. Evite andar descalço. Se estiver com pés ressecados passe hidratante.

Tente controlar o peso corporal.

Pessoas com diabetes precisam ter muito cuidado com os pés pois podem não sentir caso apareçam micose, bolhas ou cortes.

No caso da erisipela bolhosa é importante lavar bem as mãos ao entrar em contato pois ela é contagiosa, as bactérias podem proliferar.

13 comentários em “Como cuidar de erisipela, remédio, o que comer”

    • Olá Márcia
      Algumas pessoas recomendam compressa de gelo para aliviar a dor.
      O permaganato de potássio também é recomendado. Mas nos dois casos, fale com seu médico para ver se ele recomenda o uso.
      Abs

      Responder
    • Olá Tatiane
      Como é uma infecção causada por bactérias, esta doença não costuma ter restrições específicas em relação aos alimentos. O que se recomenda quando a pessoa está com febre e enjoo é a pessoa comer em poucas quantidades e mais vezes no dia. Mas o melhor é conversar com seu médico para saber se ele recomenda ou não algo em específico, de acordo com seu tratamento.

      Responder
    • Boa Tarde
      Normalmente não há restrições quanto a alimentação no caso desste tipo de eripsela.
      O que você deve estar falando é sobre a erisipeloide, doença infecciosa causada pela bactéria Erysipelothrix rhusiopathiae, que pode ser transmitida pela escama ou osso do peixe quando o pescador está manipulando o animal. Também é comum em açougueiros, veterinários e outras pessoas que cuidam de animais.

      Responder
    • Olá Sabrina
      Quando a doença é diagnosticada rapidamente e tratada de maneira correta ela tem cura sim. Mas em alguns pacientes (principalmente diabéticos ou obesos) podem ocorrer crises de repetição, a doença pode retornar várias vezes, causando outros problemas. Por isso é muito importante seguir toda recomendação do médico e tomar os antibióticos corretamente, para evitar ao máximo que ela volte. O antibiótico deve ser repetido periodicamente para prevenção.

      Responder
    • Olá Alessandra,
      Não se costuma administrar outros remédios para casos de erisipela, apenas o antibiótico recomendado pelo médico e fazer elevação do membro afetado. Mas se estiver muito ruim, converse com seu médico para saber se ele pode dar alguma outra coisa para ajudar a lidar com o problema.

      Responder
    • Olá ANtonio
      O ideal é você verificar com o dermatologista, pois depende de cada pele, não pode comprar qualquer um. O dermatologista precisa verificar o local e irá informar o melhor clareador para o seu caso.

      Responder
  1. Boa tarde
    Qual o prazo mínimo de dias para aplicação da penicilina BENZENTACIL, de uma para outra, em adultos que contraem essa doença?

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.