Como cuidar de violeta-africana, regar, florir

A violeta-africana, também conhecida como Saintpaulia ionantha, é um gênero botânico da família Gesneriaceae com 23 espécie, mas atualmente tem várias sub-espécies resultantes de cruzamentos. Receberam este nome em homenagem ao barão Walter von Saint Paul Illaire, comissário da Tanzânia que a descobriu em 1892. Apesar do nome, ela não pertence à família Violaceae, das violetas que muitos conhecem. Veja agora como cuidar de violeta-africana, como regar para florir e fazer poda.

Como cuidar de violeta-africana

As violetas africanas são fáceis de cultivar, mas muitas pessoas acabam matando a planta pelo excesso de rega (que apodrece as raízes) ou usando técnicas erradas que destroem a beleza da planta.

O interessante desta flor é que pode ser cultivada dentro de casa em pequenos vasos plásticos ou barro (12 cm de altura), o ideal é usar vaso de barro pois absorvem melhor a umidade. Elas atingem o tamanho máximo de 20 centímetros, sendo perfeitas para decoração. O diâmetro dos vasos para as plantas individuais deve igualar o diâmetro da planta para ela ficar confortável.

O plantio pode ser feito por meio de semente ou propagação de plantas velhas. A propagação pelas folhas é mais simples e o método recomendado. Por isso tente comprar uma violeta-africana já no vaso ou peça a algum conhecido pedaços de folhas desenvolvidas (5 cm de comprimento) cortadas com os talos (bem rente à terra). O talo deve ter 1 cm, pois se for maior demorará a formar muda.

Enterre o talo das folhas no vaso com solo contendo mistura de areia, terra e turfa ou vermiculita ou outro substrato de sua preferência rico em nutrientes minerais (matéria orgânica). Deixe o limbo da folha para fora do solo. Mantenha o substrato úmido mas não encharcado.

As raízes irão se formar em 2 a 4 semanas e as folhas começarão a aparecer após 4 semanas ou mais. Você poderá fazer o transplante quando as mudas estiverem com 4 a 6 folhas, nunca faça o processo no inverno pois ela poderá apodrecer.

Cultivando violeta-africana

A temperatura recomendada para esta planta é entre 15 e 27ºC, morrem em temperaturas abaixo de 10ºC. Ela precisa de bastante luminosidade mas não exposição direta ao sol, isso irá matá-la. Se necessário use tela de sombreamento.

Imagem de uma violeta, como cuidar de violeta-africana
Como cuidar de violeta-africana, regar, florir

Você deverá regar a planta para ficar úmida mas não excessivamente molhada, senão a raiz é atacada por fungos. Evite molhar as folhas e flores e regue quando estiver mais fresco. Se ficar água no prato remova-a.

Tome cuidado com pragas pois elas atacam a violeta, se a sua for atacada será necessário uso de pesticida específico.

Demoram uns seis meses após o plantio para dar flor e se estiver em condições adequadas poderá dar flor em qualquer época do ano.

Como podar violeta-africana

É importante remover com uma faca afiada as flores quando estiverem murchas e remover folhas secas ou machucadas. Tenha atenção nas folhas machucadas, pois às vezes pode ser apenas água que respingou, elas poderão ser limpas com pano úmido.

Use pano úmido para remover sujeira e poeira que possam ter se acumulado nas folhas.

Ela é perigosa para cães e gatos?

Não, ela não é uma planta considerada tóxica para seus animais.

2 comentários em “Como cuidar de violeta-africana, regar, florir”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.