Como cuidar de peperômia

Como cuidar de peperômia em vaso dentro de casa? A Peperomia caperata, mais conhecida como Peperômia, pertence à família Piperaceae com mais de 1000 espécies. É uma ótima opção para se ter dentro de casa, em cima da mesa, pois é fácil de cuidar e possuem formato compacto. Suas folhas possuem formato de coração e textura densa, carnosa, com tonalidade prateada e bordô. Suas flores aparecem como espigas brancas e comprimentos variados, com hastes que podem ser vermelhas ou marrom.

Veja agora como cultivar a peperômia em vaso, quantidade de luz e rega necessárias para ter uma planta bonita.

Como cuidar de peperômia

A peperômia pode ser propagada por semente ou por estacas, sendo que o mais simples de propagar é por estaca.

Use vasos de 9 cm pois sua raiz é bem pequena, ela atinge uns 10 a 25 cm. O vaso deve ter furo no fundo, para permitir uma boa drenagem. A peperômia prefere um solo leve.

Por baixo do solo coloque perlita ou cascalho para permitir que a raiz respire e não acumule água, pois ela gosta de umidade não pode ficar encharcada. Se notar que as folhas estão murchas, pode ser que a peperômia não esteja recebendo oxigênio suficiente nas raízes, a drenagem está ruim.

Ela gosta de temperaturas amenas e umidade. Deixe o vaso em local com média à baixa luminosidade, longe da luz direta do sol.

Como cuidar de peperômia
Como cuidar de peperômia, Peperomia Caperata

Espere para regar, a rega tem que ser moderada, sempre verifique o solo com o dedo, notando que a parte superior está seca (uns 10 cm do solo), pode regar.

Problemas que podem ocorrer na peperômia

Se as folhas estiverem murchas ou descoloridas ou apodrecendo, pode ser excesso de rega, dê mais tempo entre uma rega e outra.

Se aparecer mofo cinzento na base do caule é porque ela não está pegando tanto ar, coloque em local com maior circulação de ar.

Caso as folhas fiquem marrons na ponta, pode ser culpa de queda de temperatura.

A peperômia é tóxica para cães e gatos?

De acordo com a Sociedade para Prevenção da Crueldade contra Animais, a peperômia (Peperomia caperata) não contém princípios tóxicos para cães e gatos, portanto não é tóxica para seu animal.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.