Como cuidar de galatea ou Calathea Crocata

Como cuidar de galatea ou Calathea Crocata? A Calathea Crocata é uma planta herbácea nativa do Brasil também conhecida como calateia, que pode atingir até 60 cm de altura. Suas folhas se levantam e fecham durante a noite como se fosse dormir. Neste post falaremos sobre o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da Calathea Crocata em vaso dentro de casa, e ainda se ela é tóxica para cães e gatos.

Como cuidar de galatea ou Calathea Crocata

Esta planta pertence à família Marantaceae que tem vários tipos de Calanthea, mas a Calanthea Crocata é considerada especial devido às suas lindas flores que aparecem na primavera-verão e ficam acimadas folhas. Elas possuem a cor amarelo-alaranjadas que parecem chamas de fogo (em inglês é conhecida como Eternal Flame / Chama Eterna). As folhas são enrugadas na cor verde-metálico, tons de roxo na face superior e tons castanho na face inferior.

É uma planta que gosta de calor e umidade, se tiver pouca umidade as folhas podem ficar com manchas marrom. Mas não gosta do sol direto, tem que ficar em um cômodo da casa que seja claro mas sem sol direto senão as folhas perdem a cor.

O melhor tipo de substrato para a Clathea Crocata é com turfa e húmus. A melhor maneira é a propagação por divisão, e as novas plantas precisam ter algumas folhas e raiz forte. Plante 5 a 8 cm de profundidade no vaso.

Como cuidar de Galatea ou Calathea Crocata
Como cuidar de Galatea ou Calathea Crocata

O solo tem que ficar úmido mas não encharcado, por isso é importante uma boa drenagem, senão a raiz apodrece. Regue sempre que sentir o solo seco, normalmente de três em três dias. Enfie o dedo na terra para sentir e lembre-se que no verão a rega tem que ser mais frequente.

A cada 15 dias é recomendado o uso de fertilizante próprio para este tipo de planta para ajudar no crescimento.

A pode regular também é recomendada, podando na base, local onde a folha encontra o caule. Corte as bordas marrons das folhas com tesoura, elas voltam a crescer normalmente. Mas preste atenção! Pois se tiver muitas folhas com manchas marrom pode ser excesso ou falta de água.

É tóxica para cães e gatos?

De acordo com a ASPCA, as Calathea não possuem princípios tóxicos para cachorros e gatos. Mas sempre tenha cuidado e preste atenção se seu animal está comendo a planta, pois mesmo sem princípios tóxicos ele pode se engasgar.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.