Como cuidar de bromélia Aequimea, Aechmea fasciata

Como cuidar de bromélia Aequimea, Aechmea fasciata? A Aequimea, também conhecida como vaso-prateado, é uma planta perene nativa do Brasil muito usada em decoração interna enquanto está florida. Possui o nome popular de vaso-prateado devido ao centro da planta ser no formato de vaso. Neste post explicaremos sobre o cultivo da aequimea, tipo de solo, quantidade de luz e água. Também explicaremos se ela é tóxica para cães e gatos.

Como cuidar de bromélia Aequimea

Esta orquídea irá florescer quando estiver madura (após alguns anos de crescimento) e se ela estiver recebendo luminosidade suficiente. Suas folhas largas ficam arqueadas, possuem textura semelhante a do couro e possuem cor prata com verde.

Apesar da folha diferente, o que chama mais atenção é justamente sua flor, que tem aparência atraente, em forma de estrela com pequenas flores violetas saindo das brácteas. Sua flor dura bastante tempo. Depois que florir aparecem brotos laterais que podem ser propagados quando estiverem com 12 cm, mas a planta madura morrerá.

É uma planta que gosta de temperaturas entre 18°C e 24°C, mas para florir o ideal é que a temperatura se mantenha entre 24°C. Gosta de bastante luminosidade mas sem luz direta do sol, deixe em uma janela da casa em que ela fique em meia-sombra.

Como cuidar de bromélia Aequimea, Aechmea fasciata
Como cuidar de bromélia Aequimea, Aechmea fasciata, dentro de casa

Utilize substrato próprio para epífias, espécies que se desenvolvem sobre outras plantas sem lhes causar danos. Normalmente eles contém casca e fibra de côco, perlita e areia. Precisa ser um tipo de solo bem drenado, pois ela não gosta de ficar com a raiz encharcada. Dê preferência para vaso de cerâmica pois são mais pesados e podem aguentar o peso da planta.

Quando a planta estiver crescendo poderá ser necessário replantá-la para um vaso um pouco maior. Depois que estiver madura, só é necessário troca o substrato a cada dois anos.

Precisa regar a Aequimea todos os dias?

Evite regar demais o solo, ele deve ficar com a parte superior seca ao toque. Não esqueça de colocar água no vaso que fica no centro da planta, pois é aí que ela armazena água da natureza. Troque esta água a cada duas ou três semanas.

Tenha cuidado com a rega, pois o excesso pode matar a planta e ela não vai nem florescer.

Não precisa de muita umidade, normalmente a umidade padrão é suficiente para ela.

Problemas ao cuidar de bromélia Aequimea

Se as pontas das folhas estiverem marrom, pode ser causado por ar muito seco, utilize borrifador para umedecer as folhas com água. Também verifique se o solo não está completamente seco.

Se as folhas estiverem com manchas marrons, pode ser culpa de luz direta do sol, modifique a planta para que pegue bastante luz solar mas sem luz direta. Não esqueça de remover as folhas mortas.

Aequimea é tóxica para cães e gatos?

Não, de acordo com a Sociedade Americana de Prevenção de Crueldade contra Animais, as bromélias não possuem princípios tóxicos para cachorros e gatos. Mesmo assim não é recomendado deixar seu companheiro comer, pois ele poderá se engasgar.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.