Como cuidar da palmeira-das-canárias

Como cuidar da palmeira-das-canárias dentro de casa? A Phoenix canariensis, mais conhecida como palmeira-das-canárias ou tamareira-das-canárias, é uma palmeira nativa das Ilhas Canárias que atinge 20 metros de altura, mas é possível mantê-la a 2 metros de altura em locais fechados. É uma planta perene fácil de cuidar, neste post explicamos o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da palmeira-das-canárias em vaso.

Como cuidar da palmeira-das-canárias

Essa palmeira gosta de clima tropical e subtropical, além de tolerar a maioria das temperaturas entre -6 °C a 23°C. Suas folhas grandes crescem a partir de uma coroa, podendo chegar a mais de um metro de comprimento, por isso acabam arqueando ligeiramente mas são bastante rígidas. Depois que as folhas inferiores morrem, sua coroa fica parecendo um tronco.

Ela prefere substrato com turfa, rico em matéria orgânica, que seja bem drenado, uma dica é usar turfa com perlita ou areia (misturando duas partes de turfa para uma de perlita). Mas toleta vários tipos de solo, incluindo argila. Não deixe prato com água no fundo, pois poderá apodrecer a raiz matando a planta.

Deixe em local que pegue bastante luz do sol mas de preferência luz filtrada, não deixe os raios diretos na planta.

Como cuidar da palmeira-das-canárias, Phoenix canariensis
Como cuidar da palmeira-das-canárias dentro de casa

Pode ser necessário replantar a palmeira quando suas raízes se prenderem ao vaso. Passe para um vaso 5 cm maior a cada três anos. Pode ser necessário podar a raiz. Os vasos recomendados são de 25 a 30 cm para uma palmeira de um metro ou mais.

Quantidade de rega para palmeira-das-canárias

É preciso evitar regar demais e não deixar o solo encharcado, pois isso poderá matar a planta. Sempre aguarde a parte superior do solo secar, sinto com o dedo, depois regue completamente.

A palmeira-das-canárias aguenta um tempo sem rega, por isso é melhor regar de menos do que demais.

Elas são sensíveis aos fertilizantes, podendo morrer se for utilizado em excesso. Caso queira utilizar, dê preferência para um tipo específico para ela.

É tóxica para cães e gatos?

De acordo com a Sociedade Americana de Prevenção de Crueldade contra Animais a Phoenix canariensis não é tóxica para cachorros e gatos. Mesmo assim é importante evitar que o animal coma, para não correr o risco de se engasgar.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.