Como cuidar da aspidistra

Como cuidar da aspidistra em vaso? A Aspidistra elatior é uma planta perene nativa do Japão, China e Taiwan que consegue sobreviver em quase qualquer condição de crescimento desfavorável. Por isso seu nome em inglês é Cast Iron ou Ferro Fundido. A seguir explicaremos sobre o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da aspidistra dentro de casa.

Como cuidar da aspidistra

A aspidistra pode atingir 91 cm de altura e pode florescer pequenas flores perto da base da folhagem, mas são raras. Por isso ela é mais famosa por sua bonita folhagem verde, enrolada na base e aberta nas pontas, que pode ter 30 cm de comprimento e 13 cm de largura. Cada uma das folhas cresce em um caule que pode ser separado da raiz para propagação de novas plantas.

É uma planta que prefere temperaturas entre 15 e 24°C e gosta de ficar em local bem iluminado. Apesar disso ficam bem se na sua sala não tiver muita luz solar, em meia-sombra ou sombra. Evite deixá-la em contato da luz direta do sol, pois pode queimar as folhas.

Para o substrato você pode utilizar a maioria das misturas que tenham uma boa drenagem, inclusive coloque o solo em vaso que possua furo no fundo. Ela não gosta de ficar encharcada pois pode apodrecer a raiz.

Como cuidar da aspidistra em vaso
Como cuidar da aspidistra em vaso

Normalmente não precisa de replantio, mas caso queira replantar para trocar o substrato, faça o processo uma vez a cada três anos. E como falado anteriormente, você pode propagar por divisão, removendo um caule com sua parte da raiz.

Caso as folhas fiquem com muita poeira, você pode limpá-las com esponja macia e água, não use produtos químicos para limpar as folhas pois poderá matá-la. Quando as folhas estiverem morrendo, corte-as bem próximo ao solo.

Quantidade de água para regar a aspidistra

A rega deve ser feita regularmente, sempre deixando secar a parte superior do solo, coloque o dedo para sentir, quando estiver uns 2,5 cm da parte de cima do solo seca, regue. Não regue demais pois apodrece a raiz e ela morre. No inverno reduza a rega.

Quais ervas podemos plantar em casa para temperos e afins

Caso esqueça de regar ela não irá morrer, ficará murcha mas poderá se recuperar se você regá-la novamente.

Pode utilizar fertilizante diluído uma vez por mês entre primavera e verão.

É tóxica para cães e gatos?

De acordo com a Sociedade Americana de Prevenção de Crueldade contra Animais a aspidistra não é tóxica para cachorros e gatos. Mesmo assim é importante evitar que o animal coma, para não correr o risco de se engasgar.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.