Como cuidar da pleomele, Dracaena Reflexa

Como cuidar da pleomele dentro de casa? A Dracaena Reflexa, mais conhecida no Brasil como pelomele ou pau-d’água, é uma planta perene nativa de Madagascar e outras ilhas do Oceano Índico. A Dracaena foi estudada pela NASA como uma das plantas que podem filtrar o ar removendo toxinas do ambiente. É uma planta fácil de cuidar dentro de casa, mas precisa de bastante umidade para sobreviver. A seguir falaremos sobre o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da Dracaena Reflexa, e ainda se ela é tóxica para cachorros e gatos.

Dicas para cuidar da pleomele

Existem vários cultivares desta planta que possuem diferença em suas folhas, mas a mais popular é a que possui amarelo nas bordas. Ela pode atingir quase 1 metro de altura quando cultivada em vaso dentro de casa e fica com aspecto de arbusto. Suas folhas são seu principal atrativo e chegam a 30 cm de comprimento e 5 cm de largura. Ela floresce mas as flores são pequenas e sem graça.

A pleomele prefere temperaturas entre 15 e 27°C, mas não suporta temperaturas muito frias. Gosta de ficar em local muito iluminado sem contato com a luz direta do sol. Até aguenta um pouquinho de sol pela manhã, mas não deixe muito tempo.

Tem que ficar em vaso bem drenado para não acumular água no fundo. Utilize substrato fértil rico em matéria orgânica, que tenha boa drenagem.

Como cuidar da pleomele, Dracaena Reflexa
Dicas para cuidar da pleomele, Dracaena Reflexa

Se a planta ficar muito grande, poderá ser necessário utilizar uma estaca para ajudá-la a ficar em pé. Talvez seja preciso trocá-la de vaso depois de uns três anos, para um vaso um pouco maior, se notar que a raiz está ficando confinada demais no vaso original.

Pode ser propagada por estaquia dos ramos, cortando a ponta do caule no tamanho de uns 15 a 20 cm de comprimento, tenha certeza de pegar um caule com vários nós. Depois você pode plantar em um vaso com substrato úmido ou deixar em uma pote com água limpa para enraizar. Normalmente as raízes aparecem rápido quando elas são deixadas na água, quando aparecerem plante no vaso com substrato. Quem quiser pode usar fertilizante enraizador.

É normal as folhas inferiores ficarem amarelas e caírem, elas apenas descartam as folhas velhas para que novas apareçam. Se quiser, você pode aparar as folhas amarelas para manter a planta com aspecto limpo.

Quantidade de água na rega da pleomele

A rega deve ser feita regularmente pois o solo precisa ficar úmido o tempo todo. No inverno reduza a rega e permita que o solo seque entre uma rega e outra (dependendo do frio, pode levar quase quatro semanas sem precisar regar). Evite a rega em excesso, pois isso apodrece a raiz e mata a planta.

Ela gosta de muita umidade. Se onde você mora for muito seco, a dica é colocar uma bandeja com pedrinhas e um pouco de água embaixo do vaso, sem que a água encoste no vaso e no substrato. Somente para as pedrinhas aumentarem a umidade ao redor da planta. Caso não tenha como fazer a bandeja com as pedrinhas, borrife as folhas de tempos em tempos.

Pode ser necessário o uso de fertilizante NPK 10-10-10 uma ou duas vezes ao ano.

Pleomele é tóxica para cães e gatos?

Não conseguimos encontrar informações específicas sobre a Dracaena Reflexa, mas as plantas da espécie Dracaena contém o princípio tóxico saponinas que pode causar vômito (podendo ser com sangue), depressão, anorexia, hipersalivação em gatos e cachorros, além de pupilas dilatadas em gatos. Portanto não deixe em local que seu companheiro possa comer.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.