Como cuidar da maranta zebrina

Como cuidar da maranta zebrina dentro de casa? A Calathea zebrina, mais conhecida como maranta zebrina, é uma planta perene nativa do Brasil. Também chamada de planta-zebra, não deve ser confundida com a alfelandra. Não necessita de muitos cuidados e pode ser cultivada em vaso no interior da casa, desde que submetida à condições corretas de luz e umidade. A seguir falaremos sobre o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da maranta zebrina.

Dicas para cuidar da maranta zebrina

Essa planta pode atingir 1 m de altura. Seu atrativo são suas folhas verde claro de padrão aveludado com listra verdes escuras, como as zebras (daí seu nome). A parte inferior das folhas é roxa. Essas folhas saem do topo dos talos e podem atingir 40 cm de comprimento. Produz flores roxas ou brancas que não são muito atrativas, mas não costumam aparecer quando cultivada dentro de casa.

A maranta zebrina prefere temperaturas entre 18 e 24°C, mas não suporta temperaturas muito frias nem corrente de ar fria ou queda brusca de temperatura. Precisa ficar em local bem iluminado sem luz direta do sol, pois é uma planta que na natureza fica embaixo das árvores.

Coloque em vaso bem drenável, com substrato de mistura de terra comum rica em matéria orgânica. Pode ser utilizado substrato com turfa e perlita.

O replantio pode ser necessário a cada dois anos, e deve ser realizado na primavera.

Como cuidar da maranta zebrina, , Calathea zebrina
Dicas para cuidar da maranta zebrina,, Calathea zebrina

Pode ser propagada por divisão da planta principal ou cortando estacas de 10 cm (deixando quatro folhas e removendo as bainhas inferiores). Plante em vaso com turfa e areia, deixando em local com sombra (se tiver estufa poderá ajudar).

Quantidade de água

A rega tem que ser feita de maneira que o solo fique úmido. No inverno reduza a rega e permita que a parte superior do solo seque entre uma rega e outra (enfie a ponta do dedo indicador para sentir a terra seca). Se possível utilize água destilada.

Nunca deixe encharcada pois suas raízes apodrecem e ela morre.

Precisa de bastante umidade, por isso o cultivo desta planta pode ser problemático. Borrife as folhas e mantenha o solo úmido. Se estiver ficando muito seca, coloque prato com pedrinhas e água embaixo do vaso, sem que o vaso toque na água. Isso irá aumentar a umidade ao redor da planta.

Adubação pode ser feita de 15 em 15 dias na época do crescimento, utilizando feritilizante líquido diluído ou húmus de minhoca.

Problemas ao cuidar de maranta zebrina

Se as pontas das folhas estiverem marrom pode ser falta de umidade. Borrife as folhas e, se necessário, utilize o prato com pedrinhas e água.

Folha enrolando e manchas, pode ser falta de água, verifique se o solo está seco e regue mais vezes.

Folhas caindo pode ser culpa do ar muito seco, aumente a umidade da planta.

Caule mole e apodrecendo, pode ser água em excesso no inverno e temperatura muito baixa.

É tóxica para cães e gatos?

Não, de acordo com o California Poison Control System, a maranta zebrina não possui princípios tóxicos para cachorros e gatos.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.