Como cuidar de afelandra dentro de casa

Como cuidar de afelandra dentro de casa? A Aphelandra squarrosa, mais conhecida como afelandra, planta-zebra ou espiga-dourada, é uma planta nativa do Brasil que pode ser cultivada em vaso se a pessoa tiver alguns cuidados. A seguir explicaremos sobre tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da afelandra.

Dicas para cuidar de afelandra

A alfelandra pode atingir até 70 cm quando cultivada em vaso. É famosa pela beleza de suas folhas verdes escuras que possuem veias proeminentes na cor branca e crescem até 22 cm de comprimento. Também floresce por seis semanas, e sua flor amarela ou dourada do tipo bráctea cresce em forma de cone nas pontas de um caule. Pequenas flores crescem por fora da bráctea e duram uma semana. A quantidade de cabeças de flores vai depender da quantidade de caules.

Prefere temperaturas entre 15 e 23°C, não gosta de temperaturas muito frias. Tem que ficar em local com bastante luz solar mas nunca luz direta do sol.

Aguenta a maioria dos substratos, desde que seja bem drenável e rico em matéria orgânica. Substrato à base de turfa é uma boa escolha.

Como cuidar de afelandra, Aphelandra squarrosa
Como cuidar de afelandra, Aphelandra squarrosa

Talvez seja necessário o replantio uma vez por ano, colocando a planta em um vaso de um número maior, principalmente se ela estiver muito confinada no vaso atual.

Pode ser propagada por corte de uns 5 centímetros da ponta do caule. Coloque em fertilizante enraizador para ajudar a desenvolver as raízes. Poderá ser necessário o uso de estufa para enraizar.

A poda pode ser realizada para remover folhas mortas e remover a bráctea que estiver morrendo. Quando a bráctea começar a morrer, pode caules e folhas, deixando apenas duas filas de folha em altura. Isso irá encorajar novo crescimento.

Quantidade de água

A rega tem que ser feita para manter o solo úmido ao toque, mas nunca encharcado. Por isso é importante o vaso bem drenável. Atenção! É recomendável o uso de água destilada na rega, e não água comum, pois a planta é bem exigente.

No inverno reduza a rega e deixe o solo secar um pouco mais que o normal, entre as regas.

Fertilizante poderá ser necessário a cada 15 dias durante primavera e verão.

Problemas que podem ocorrer ao cuidar de afelandra

Se as folhas caírem pode ser culpa do solo muito seco, corrente de ar frio ou muita luz do sol. Verifique de acordo com a sua e corrija o que estiver errado.

Se as pontas das folhas estiverem ficando marrom pode ser pouca umidade, tente borrifar água nas folhas para ver se volta ao normal. Se não voltar, pode ser necessário utilizar um tabuleiro com pedrinhas e um pouco de água. Coloque o vaso em cima, sem que a água entre em contato com o vaso. Isso irá aumentar a umidade ao redor da planta.

Folhas enrugadas ou enroladas pode ser muita luz, modifique para local com mais sombra.

É tóxica para cães e gatos?

Não, de acordo com a Sociedade Americana de Prevenção de Crueldade contra Animais, a afelandra não tem princípios tóxicos para cachorros e gatos.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.