Como cuidar de Alpinia purpurata

Como cuidar de Alpinia purpurata? A Alpinia purpurata, também conhecida como alpínia e gengibre-vermelho (red ginger em inglês), é uma planta perene nativa da Ásia. Fácil de cuidar, muito cultivada pelas suas brácteas florais como flor de corte. Neste post trazemos algumas dicas sobre cultivo da alpínia, tipo de solo, quantidade de luz e água. Será que é tóxica para cachorros e gatos?

Dicas para cuidar de Alpinia purpurata

A alpínia pode atingir de 1,2 a 1,8 m de altura, e até 38 cm de largura. Suas brácteas florais possuem forma de espigão, que nascem em hastes eretas e são espetaculares, nas cores vermelhas e róseas, cercadas por flores brancas pequenas.

Prefere temperaturas entre 18 e 24ºC, não suporta temperaturas muito frias. Gosta de ficar em local bastante iluminado, com sol pleno ou meia sombra. Precisa de luz direta do sol pelo menos três horas por dia. Gire o vaso a cada semana, para que toda planta pegue a mesma quantidade de luz solar.

Coloque em vaso grande com mistura de plantio rica em matéria orgânica e que seja bem drenável, com perlita ou algo parecido.

Como cuidar de Alpinia purpurata
Dicas para cuidar de Alpinia purpurata

Não é necessária a poda, a não ser que queira reduzir seu tamanho. É aconselhável remover flores quando estiverem morrendo, e cortar folha amarela ou murchas.

A propagação pode ser realizada pelas mudas que se formam nas brácteas ou por divisão de touceira. Se for realizar a divisão de touceira, tenha cuidado para remover deixando uma parte do rizoma e folhas, em cada uma das mudas. Após o plantio, demora um ano para florescer.

Pode ser necessário o uso de fertilizante de nitrogênio diluído. Aplique a cada 15 dias durante a primavera e verão.

Quantidade de água e umidade para a alpínia

A rega deve ser feita regularmante para manter o solo úmido, mas nunca encharcado. Também não deixe secar por completo, senão ela morre!

A alpínia é uma planta tropical que gosta de umidade, portanto se onde você mora for muito seco, de vez em quando borrife as folhas com água. Outra dica para aumentar a umidade é colocar o vaso em cima de uma bandeja com pedrinhas e água, sem deixar o vaso encostar na água da bandeja.

É tóxica para cães e gatos?

Não conseguimos encontrar informação sobre a toxicidade para cachorros e gatos, mas de acordo com alguns sites, a Alpinia purpurata pode ser levemente tóxica e causar efeitos cardíacos. Além disso sua seiva pode causar irritações leves na pele e olhos. Portanto evite que seu companheiro coma esta planta.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.