Como cuidar de Amaryllis

Procurando como cuidar de Amaryllis Hippeastrum? Hippeastrum e Amaryllis são dois gêneros separados da mesma família Amaryllidaceae. A amarílis que falaremos aqui é o nome comum usado para planta hippeastrum bulbosa, também conhecida como açucena. Mas Amaryllis também pode ser o gênero de um outro tipo de planta bulbosa nativa da África do Sul.

A diferença entre elas é que a amarílis hippeastrum produz folhas depois da floração, tem caules ocos e floresce de três a seis flores. Enquanto o gênero Amaryllis não tem folhas durantes a floração, seus caules são sólidos e produz seis a doze flores.

Como cuidar de Amaryllis

Ela prefere temperatura de 21 a 24°C, e gostam do sol pleno, podendo deixar algumas horas em sol direto. Se deixar em local escuro ela vai crescer demais antes de florescer.

Para o solo use partes iguais de perlita e turfa ou duas partes de solo argiloso e uma parte de perlita. Ou procure pela mistura própria para amarilis. Normalmente vaso de 20 cm é suficiente, mas sempre deixe 5 cm de espaço em volta do bulbo todo.

Como cuidar de Amaryllis
Como cuidar de Amaryllis

A rega deve ser feita a cada cinco dias, apenas uma xícara de água costuma ser suficiente. Evite regar demais pois poderá apodrecer o bulbo.

Pode ser necessário colocar fertilizante após o período de dormência até começar a ver brotos das folhas aparecendo.

Sementes raras de hippeastrum amaryllis.

Após dar flores, é importante cortar a haste até 1cm acima do bulbo e plantá-lo em outro vaso com terra nova. Assim a planta florescerá novamente na primavera.

É tóxica para cães e gatos?

Sim, as Amaryllis são tóxicas para cachorros e gatos, elas contêm o princípio tóxico licorina e outros alcalóides que causam depressão, diarréia, dor abdominal, hipersalivação, anorexia e tremores. Portanto não deixe em local que seu animal possa pegar!

1 comentário em “Como cuidar de Amaryllis”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.