Como cuidar de alegria dos jardins

Como cuidar de alegria dos jardins em vaso? A Salvia splendens, mais conhecida como alegria dos jardins (ou alegria de jardim), sálvia e sangue de adão, é uma planta herbácea perene nativa do Brasil, muito cultivada pela beleza de suas flores. Neste post falaremos sobre o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da alegria dos jardins. Será que é tóxica para cães e gatos?

Dicas para cuidar de alegria dos jardins

A alegria dos jardins cresce em tufos e possui folhas verde escuras no formato oval (de coração) que podem atingir 12 centímetros de comprimento. Sua bonita flor possui cor vermelha/escarlate densa, por isso é também conhecida como sangue de adão. Com fragrância parecida com abacaxi, ela pode atingir de 30 a 45 cm de altura e se espalhar por 30 cm de comprimento. O ideal é dar espaçamento de uns 30 cm entre as mudas.

Gosta de ficar em local com sol pleno, ou seja, seis ou mais horas de luz direta do sol. Mas se for local com verão muito quente, deixe em sombra parcial, principalmente na parte da tarde, para reduzir o estresse.

Deve ser plantada em solo rico matéria orgânica que sejam bem drenado, com areia ou argila. Uma dica é utilizar mistura de turfa com perlita para plantas.

Por ser propagada por sementes sob as condições corretas, normalmente germina dentro de 15 dias. Precisa de termperatura entre 22 e 24ºC. Mas o mais fácil é propagação por estaquia,

A poda deve ser feita para manter o tamanho desejado e remoção de flores, para que ela se revigore e continue propagando. Também é recomendada a divisão em intervalos de alguns anos, e a melhor época é início da primavera. Para dividir é só levantar, dividir em grupos e replantar.

Como cuidar de alegria dos jardins, Salvia splendens
Dicas para cuidar de alegria dos jardins, Salvia splendens

Quantidade de água para cultivo da alegria dos jardins

A alegria dos jardins necessita de rega regular, entre 7 a 10 dias costuma ser suficiente, para manter o solo úmido mas não encharcado. Por isso uma boa drenagem do vaso é recomendada. Sempre verifique se o solo secou enfiando o dedo na terra uns 5 cm de profundidade. Ela prefere ficar um tempo sem água (seca) do que como excesso de água. O excesso de água pode apodrecer as raízes.

A Salvia splendens é tóxica para cães e gatos?

Não conseguimos encontrar informação específica sobre a Salvia splendens. Mas de acordo com a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais, as outras plantas da mesma família não possuem princípios tóxicos para cachorros e gatos. Mas mesmo assim tenha cuidado, pois ele pode engasgar e nunca sabemos quando são alérgicos à alguma planta.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.