Como cuidar de azedinha-listrada

Como cuidar de azedinha-listrada? A Oxalis versicolor (ou Oxalis flaviflora), mais conhecida como azedinha-listrada, trevo-listrado ou azedinha de candy cane (em inglês, devido a ser parecida com as bengalinhas doces listradas), é uma planta herbácea nativa da África do Sul. Neste post trazemos algumas dicas sobre o cultivo da azedinha-listrada, tipo de solo, quantidade de luz e água. Será que é tóxica para cães e gatos?

Dicas para cuidar de azedinha-listrada

A azedinha-listrada pode atingir de 10 a 30 cm de altura e espalha por 20 cm de largura. É uma planta bulbosa bonita que forma um denso monte de folhas verdes e delicadas, compostas por 3 folíolos estreitos.

Muito cultivada pela beleza de suas flores em forma de funil, na cor branca com listras vermelhas no verso, parecidas com o doce americano candy cane, as bengalinhas doces vermelho e brancas. Essas flores aparecem durante no inverno, podendo ficar até o verão, e possuem 2,5 cm de diâmetro. Na parte da manhã estão fechadas, destacando as listras no verso, e quando o sol fica forte elas abrem, escondendo as listras.

Prefere ficar em sol pleno, com seis ou mais horas de luz direta do sol por dia. Mas sobrevive em meia sombra.

Como cuidar de azedinha-listrada
Dicas para cuidar de azedinha-listrada

Deve ficar em vaso bem drenável, com solo rico em matéria orgânica que seja bem drenável. Pode utilizar mistura de plantio que contenha areia, argila ou calcário. Por exemplo, o mix de plantio com turfa e perlita.

A propagação pode ser feita por semente ou divisão dos bulbilhos, que se formam entorno do bulbo principal.

A poda pode ser realizada para manter o formato desejado e remover flores mortas. A remoção das flores mortas, preserva energia da planta.

Quantidade na rega da azedinha-listrada

A rega deve ser feita regularmente, para manter a planta úmida, mas nunca encharcada, visto que o encharcamento apodrece o bulbo e ela morre.

No inverno reduza bastante a rega, pois vai demorar para secar.

É tóxica para cães e gatos?

Conforme especificado pela Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais, as plantas da família Oxalidaceae, como a azedinha-listrada, possuem princípio tóxico oxalatos de cálcio. Esse composto pode causar insuficiência renal, tremores e salivação, quando consumidos em abundância. Portanto, evite que seu amigo consuma.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.