Como cuidar da hérnia umbilical

Como cuidar da hérnia umbilical? A hérnia umbilical ocorre quando uma parte do intestino ou tecido adiposo se acumula através do músculo da parede abdominal causando uma protuberância anormal no umbigo. Ela é mais comum nos bebês e recém-nascidos prematuros, mas podem ocorrer em adultos também, neste caso sendo mais comum nas mulheres. Veja agora os sintomas da hérnia umbilical, quais fatores de risco, como diagnosticar e tratar.

Como cuidar da hérnia umbilical

Nos adultos a hérnia umbilical pode ser dolorosa e causar desconforto. Nas crianças não costuma causar dor. Sempre procure o médico se a protuberância ficar dolorida, se ocorrer vômito com o aparecimento da protuberância, se ela inchar e ficar doendo ou se você conseguia empurrar a protuberância para dentro mas agora causa dor ao fazer isto.

Diagnóstico da hérnia umbilical

É preciso procurar um médico, ele irá fazer um exame físico e poderá determinar até o tipo de hérnia que você tem. Em alguns casos é necessário fazer ultrassom, raio-x e exame de sangue.

Não pode deixar pra depois pois em alguns tipos pode ter risco de obstrução do intestino!

Tratamento da hérnia umbilical

Em alguns casos não é preciso fazer nada, a hérnia desaparecerá com o tempo (aproximadamente 18 meses).

Como cuidar da hernia umbilical
Como cuidar da hernia umbilical

Em outros casos é recomendada a cirurgia para prevenir complicações, pois a hérnia pode aumentar e começar a doer.

A cirurgia da hérnia umbilical é pequena e rápida (de 20 a 30 minutos), feita para colocar a protuberância para dentro e fortalecer a parede abdominal. Na maioria dos casos a pessoa é liberada no mesmo dia.

Quais os fatores de risco? Podem ocorrer complicações?

No caso dos adultos os fatores de risco são obesidade, problema com tosse por um longo período pois força a parede abdominal e mulheres que têm várias gestações seguidas.

Não costumam ocorrer complicações, mas o que pode acontecer é a protuberância ficar presa não podendo ser empurrada, neste caso o intestino pode perder suprimento de sangue e ser danificado. Se o suprimento de sangue for completamente cortado pode ocorrer risco de gangrena e infecções com risco de vida. Isto é chamado de estrangulamento ou encarceramento da hérnia. Por isso é importante fazer o diagnóstico com médico!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.