Como cuidar de lisianthus

Como cuidar de lisianthus? Neste post explicaremos sobre o cultivo do lisianthus em vaso dentro de casa, tipo de solo adequado e quantidade de luz e água necessárias.

O Lisianthus (Eustoma grandiflorum), também conhecido como lisianto ou genciana-do-prado, pertencem à família Gentianaceae e são típicas de regiões quentes da América do Norte, como Texas e Arizona. Seu nome vem do grego lissos (macio) e anthos (flor), devido à sua flor delicada, ela pode ter várias cores diferentes e aperece anualmente.

Como cuidar de lisianthus

Apesar de poder ser plantada por semente, o ideal é que você compre a muda no vaso, pois a semente é bem difícil de germinar e só germina com luz do sol (demora de 22 a 24 semanas para germinar).

É uma planta que gosta do solo rico em matéria orgânica (esterco, composto), fértil. O vaso tem que ser bem drenado, pois sua raiz pode apodrecer com a água. Nunca deixe prato com água pois isso irá matar o lisianthus.

Ela pode atingir de 60 a 76 cm de altura, a não ser que seja a variedade anã, e 35 cm de largura. Se comprar em vaso pequeno, transfira para um maior que ela aumentará de tamanho.

Como cuidar de lisianthus ou genciana-do-prado
Como cuidar de lisianthus ou genciana-do-prado

É uma planta que adora o sol pleno, indireto, não gostam de calor em excesso que pode prejudicar a floração, a temperatura ideal é entre 15-28°C. Não deixe na luz direta do sol principalmente no verão, pois poderá matá-la. Se onde você mora for quente demais, ela vai preferir meia-sombra. Elas não progridem muito bem em cidades com pouco sol.

Pode usar fertilizante para flores na época do crescimento, depois coloque apenas uma vez por mês ou apenas no inverno.

Precisa de muita água? De quanto tem quanto tempo regar?

A rega tem que ser mais frequente principalmente durante a época do crescimento, deixando o solo secar entre as regas. Toque com o dedo para sentir se ele está seco. Não deixe secar demais, pois não é uma planta que gosta de secura, o solo precisa ficar úmido, nunca encharcado!

Ela gosta de borrifação para aumentar a umidade, mas não borrife nas flores.

É tóxica para cães e gatos?

De acordo com as ASPCA o lisianto não é tóxico para cachorros e gatos, portanto não tem perigo se o animal pegar sem você ver. Mas mesmo assim tenha cuidado para a planta não ficar presa na garganta ou causar alguma irritação no estômago do animal.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.