Como cuidar de eczema, dermatite atópica

Como cuidar de eczema, será que tem cura? A dermatite atópica, popularmente conhecida como eczema, é uma doença comum em crianças, normalmente aparecendo no primeiro ano de vida. Ela causa manchas secas e escamosas na pele, principalmente na testa, rosto e couro cabeludo, e podem causar muita coceira. O perigo é que a coceira pode levar à uma infecção na pele.

É muito importante cuidar da pele pois é uma doença crônica que não tem cura, mas com o tratamento correto é possível aliviar a maior parte do desconforto.

Como cuidar de eczema

Para descobrir o tratamento correto, primeiro o dermatologista irá diagnosticar o problema verificando a pele da criança. Também irá fazer algumas perguntas, para descobrir se a criança tem coceiras e se os pais têm dermatite atópica, asma ou rinite alérgica.

Poderá ser feito o mesmo teste usado para descobrir alergias, colocando substâncias que causam alergias na pele da criança. Isso é importante pois algumas alergias podem piorar a dermatite atópica.

Apesar de não ter cura, a doença pode ser controlada pois o tratamento pode prevenir a piora, acalmar a pele reduzindo a dor e coceira, reduzir o estresse emocional, prevenir infecções e não deixar a pele engrossar, o que pode piorar a coceira.

Como cuidar de eczema, dermatite atópica
Como cuidar de eczema, dermatite atópica?

Os tratamentos usados envolvem remédios, cuidados com a pele e mudanças no estilo de vida. Somente os cuidados na pele e mudança no estilo de vida podem ajudar bastante a prevenir as crises. Por isso é necessário criar um plano de tratamento de acordo com o problema do paciente.

Os remédios indicados serão para:

  • controlar a coceira;
  • reduzir inflamação da pele;
  • limpar infecção;
  • amolecer e remover lesões escamosas;
  • reduzir a formação de novas lesões.

Quando a eczema aparece na infância, ela tende a melhorar com o tempo, em algumas crianças desaparece quando ela chega aos dois anos. Aproximadamente 50% das crianças que têm vão ter quando forem adultos, mas normalmente ela se torna mais branda. Por isso é importante o tratamento, pois não tem como saber se a eczema irá desaparecer ou não, e fazendo o tratamento pode contribuir para ela não piorar com os anos.

Quais as causas de eczema?

A dermatite atópica está mais comum nos dias de hoje do que era há 30 anos, não se sabe o porquê. O que se sabe é que algumas crianças têm mais chance de desenvolver do que outras. Alguns fatores que podem contribuir:

  • membro na família que tem dermatite atópica, asma ou rinite alérgica – histórico familiar dessas três doenças é um dos maiores fatores de risco;
  • o local onde a criança vive – pessoas que vivem em países desenvolvidos com altos níveis de poluição ou clima frio tende a aumentar o risco;
  • gênero – mulheres têm mais probibilidade de desenvolver do que homens;
  • idade da mãe quando a criança nasceu – quando a mãe tem o bebê com idade avançada, a probabilidade da criança ter é maior;
  • classe social – dermatite atópica é mais comum em classes sociais mais altas.

Pesquisadores ainda estão estudando os casos de dermatite atópica, o que se descobriu é que ela não é contagiosa e que ocorre em família pelos genes.

Certas comidas podem causar dermatite atópica?

Não, mas o que se sabe é que alergia a alguns alimentos pode piorar o eczema. Converse com o médico antes de remover algum alimento da criança, caso desconfie que ela tenha alergia. Alguns alimentos são essenciais para seu desenvolvimento.

Ansiedade pode causar eczema?

De acordo com estudos, sim, há uma conexão entre eczema, estresse e ansiedade. O estresse e a ansiedade são gatilhos que fazem o eczema irromper, o que acaba criando mais ansiedade e estresse, o que leva a mais surtos de eczema. Por isso é importante cuidar da saúde mental tanto quanto a do corpo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.