Como cuidar de figueira-lira

Como cuidar de figueira-lira em vaso? A Ficus lyrata, mais conhecida como figueira-lira ou ficus-lira ou figueira-violino, é uma planta perene nativa da África ocidental. Muito cultivada dentro de casa devido à beleza das folhas semi-lombadas e ovais, que possuem forma de violino. Neste post explicamos sobre o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da figueira-lira. Também explicaremos se ela é tóxica para cães e gatos.

Dicas para cuidar de figueira-lira em casa

Se for plantada no jardim, essa árvore pode atingir até 15 m de altura, mas quando cultivada dentro de casa ela fica em uns 3 m de altura. É importante manter a planta em vaso pequeno para ela não crescer demais. Pode ser necessária a poda do topo, para evitar que fique muito grande.

Suas folhas brilhantes em formato de violino podem atingir 30 cm de comprimento e 12 cm de largura. O tronco é fino mas forte, ela fica parecida com um arbusto, conforme a planta cresce, fica cheia de folhas no topo e sem folhas inferiores. Quando cultivada no jardim pode dar flores e frutos, mas isso é raro de acontecer dentro de casa.

Preferem temperaturas entre 15 e 24°C e gostam de bastante luz indireta do sol.

Como cuidar de figueira-lira
Dicas para cuidar de figueira-lira em casa

Coloque em vaso bem drenado pois não suporta solo encharcado, não deixe prato com água embaixo do vaso. Utilize terra para vaso que seja bem drenado, pode ser com casca de árvore e perlita.

O replantio pode ser necessário apenas quando a planta estiver jovem. Depois que crescer e atingir o tamanho que você deseja, basta trocar a parte superior do solo uma vez ao ano. Já a propagação da figeira-lira é bem difícil, normalmente feita pelo corte da ponta do caule e precisa de hormônio de enraizamento. Por isso ela não é aconselhável.

Recomenda-se a remoção das folhas que estão deteriorando e a poda do topo da planta, para mantê-la na altura desejada.

Quantidade de água para rega da figueira-lira

Regue a planta sempre que sentir a parte superior do solo levemente seca, sinta colocando o dedo. É importante reduzir a rega no inverno, pois essa planta não gosta de excesso de água, poderá matá-la. A falta de água faz menos mal do que o excesso.

Problemas que podem ocorrer ao cuidar da figueira-lira

A figueira-lira pode começar a perder folhas, isso pode ocorrer naturalmente com folhas da parte inferior da planta, para encorajar o crescimento de novas folhas. Ou também pode ser culpa de falta de água, baixa umidade ou corrente de ar frio. Tente verificar cada situação, para descobrir o que pode estar acontecendo com sua planta.

Se as folhas ficarem amolecidas e com manchas marrom, você pode estar regando demais a planta, diminua a rega. Também pode ser culpa da temperatura fria. Coloque o dedo no solo para sentir. Se estiver muito úmido na parte superior e na parte inferior do vaso, pode ser uma boa idéia trocar o substrato para um mais seco.

Tenha um borrifador para borrifar água nas folhas.

Se as bordas das folhas estiverem marrom e elas estiverem ficando secas, pode ser pouca umidade ou falta de água. Verifique seu caso, se for umidade borrife água nas folhas. Remova essas folhas secas.

É tóxica para cães e gatos?

Sim, de acordo com a Sociedade Americana de Prevenção de Crueldade contra Animais, a figueira-lira possui o princípio tóxico oxalatos de cálcio insolúveis que podem causar irritação oral, queimação intensa e irritação na boca, língua e lábios, baba excessiva, vômito e dificuldade para engolir. Portanto não deixe seu companheiro comer sua planta.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.