Como cuidar de palmeira-do-mediterrâneo

Como cuidar de palmeira-do-mediterrâneo dentro de casa? A Chamaerops humilis, mais conhecida como palmeira-do-mediterrâneo, palmeira-das-vassouras e palmeira-anã, é a única espécie de palmeira nativa da Europa continental. É uma planta resistente e pouco exigente, sendo fácil de cuidar em locais fechados. Neste post explicamos sobre o tipo de solo, quantidade de luz e água para cultivo da palmeira-do-mediterrâneo. E também falaremos sobre a toxicidade para cachorros e gatos.

Dicas para cuidar de palmeira-do-mediterrâneo

A palmeira-do-mediterrâneo pode atingir 1,2 m de altura e 0,9 de largura, ficando como uma pequena árvore dentro da casa. Ela até pode atingir 2,4 m, mas demora uns 10 anos para isso. Seu tronco é espesso e fibroso, de onde saem os ramos com conjuntos de folhas (fronde) em forma de leques que deixam o ambiente muito bonito.

Elas gostam de temperaturas médias e é bem resistente ao frio. E podem ficar de três a quatro horas por dia na luz direta do sol, depois tem que ficar em local bastante iluminado com luz indireta. Esta palmeira até tolera um pouco de sombra, mas irá crescer mais devagar e o espaço entre as frondes será maior, não ficando tão bonita.

Coloque em vaso bem drenado com substrato bem drenado, pode ser turfa com areia ou turfa com perlita.

Como cuidar de palmeira-do-mediterrâneo
Dicas para cuidar de palmeira-do-mediterrâneo

Pode ser necessário o replantio uma vez a cada três anos, para o vaso com um número maior, pois ela cresce bem.

Sua propagação normalmente é feita a partir de sementes, por isso é difícil de propagar. Mas elas produzem brotos (rebentos), que podem ser destacados da planta e propagados em novo vaso. Esses brotos podem ser removidos quando estiverem com 20 a 25 cm de comprimento, e algumas raízes presas. Plante em vaso de 13 cm.

Quantidade de água para rega da palmeira-do-mediterrâneo

Na primavera e verão regue mais frequentemente, para manter o solo úmido. Nas outras estações deixe o solo ficar ligeiramente seco antes de regar, sinta enfiando o dedo na terra. Uma vez por semana costuma ser suficiente.

É importante que fique bem drenado, pois o excesso de água mata a palmeira. Não deixe prato com água embaixo do vaso. Ela prefere menos rega do que rega demais, pois suporta um tempo de seca.

O fertilizante pode ser usado uma vez por mês, dê preferência para fertilizante líquido diluído.

É tóxica para cães e gatos?

Não foram reportados efeitos tóxicos para esta palmeira. Mesmo assim tenha cuidado caso seu cão ou gato coma, pois eles podem se engasgar e entalar com essas plantas.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.