Tipos de solo para plantas

Quais os tipos de solo para plantas, o que plantar em cada um deles? Está querendo começar a plantar e não tem idéia dos solos que existem para as variadas espécies de plantas? Neste post vamos explicar sobre os solos, pois eles têm um grande impacto sobre o que vai ou não crescer. Caso alguma planta não esteja progredindo, pode ser que esteja usando o solo errado para ela.

Tipos de solo para plantas

Solo argiloso

Contêm mais de 30% de argila, são grãos menores que os de areia. Os grãos são bem ligados entre si, por isso retêm água e sais minerais, é fértil mas fica muito frio e encharcado no inverno. A água em excesso nos poros compromete a circulação de ar e consequentemente o desenvolvimento da planta. Durante o verão forma crosta, fica duro, menos arejado do que no inverno.

É um solo pesado para o cultivo, por isso deve-se ter cuidado com a drenagem.

Indicado para plantas como: Lírio-da-Sibéria, Eucalyptus, árvores frutíferas como Palmeira-Juçara, Ingá-do-Brejo, Embaúba, banana, ou plantas como marmelinho-ornamental e Áster, magnólia, arbusto Juniperus e outras.

Tipos de solos para plantas, ácidos, calcários ou alcalinos, argilosos e arenosos
Tipos de solos para plantas, ácidos, calcários ou alcalinos, argilosos e arenosos

Solo arenoso

Os solos arenosos são feitos de 70% areia, grãos minerais muito maiores que os de argila e de silte. São muito porosos e permeáveis, proporcionam uma ótima drenagem para a planta, pois a água passa facilmente entre os grãos.

Mas essa drenagem também pode ser ruim, pois a água leva embora os sais minerais, normalmente é preciso melhorar o solo com matéria orgânica. Além disso a planta seca mais rápido e geralmente é num solo ácido. Mas as raízes se desenvolvem bem neste tipo de solo.

Indicado plantas como: hibiscos, lavanda, gerânio ‘Rozanne’, Budléia, Verbena bonariensis, Íris, sálvia, batata, cenoura e outras.

Solo siltoso

O solo siltoso, de silte, é parecido com o de argila, fértil, retêm água e é fácil de compactar. Seus grãos são menores que areia fina e maior que argila, normalmente é difícil de diferenciar quando comparado ao de argila. As pessoas costumam adicionar matéria orgânica para deixar este solo mais fértil e melhorar drenagem.

É mais fácil de cultivar que a argila, possui textura macia e retém umidade.

Indicado para plantas como: Helleborus, Geranium, hosta, Rosa banksiae, samambaia masculina, berbére-japonês, sagueiro-chorão e outras.

Solo calcário

A consistência desse solo varia muito e depende de sua composição, podem ser muito pesados ou muito leves, mas em sua maioria são alcalinos. Normalmente adiciona-se humus (matéria orgânica) para melhorar sua composição, ele é mais pedregoso e granulado que os outros.

Indicado para plantas como: lavanda, verbasco, Syringa (lilás), Philadelphus coronarius, Weigela, azevinho e outras.

Solo de terra vegetal/turfa

São solos ácidos, cheios de matéria orgânica escura. Eles podem ficar muito esponjosos e reter muita água, por isso precisam de boa drenagem. Tem poucos nutrientes devido à acidez que reduz o processo de decomposição. Ele aquece rapidamente durante a primavera.

É um bom solo para a planta quando misturado com matéria orgânica, composto e limo, para reduzir a acidez.

Indicado para plantas: hamamélia, camélia, rododendro, hortaliças brássicas (brócolis, couve-flor) e outros.

Solo de barro/terra (Lemo)

Ele é uma mistura de solos arenosos com argilosos e silte, trazendo o melhor de cada um. É rico em nutrientes, úmido, fértil e drena bem. Pode ser facilmente cultivado, aquece facilmente mas não seca demais no verão. Perfeito para plantas de jardim. Deve-se ter atenção para prevenir que seque por completo.

Indicado para plantas como: bambus, Wisteria, Delphinium, madressilvas e outras.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.