Como cuidar de aquilégia

Como cuidar de aquilégia? A Aquilegia vulgaris é mais conhecida como aquilégia, erva-pombinha (mesmo nome usado para as espécies Fumaria officinalis e Corrigiola littoralis), luvas-de-nossa-senhora (mesmo nome usado para a Digitalis purpurea) e columbina (inclusive em inglês columbine). Uma planta herbácea perene nativa da Europa que não necessita de muita atenção. Neste post trazemos algumas dicas sobre seu cultivo, e explicaremos se é tóxica para cachorros e gatos.

Dicas para cuidar de aquilégia

A aquilégia pode atingir de 30 a 90 cm de altura e se espalhar por 30 a 60 cm de largura. Os ramos possuem pelos finos e curtos, com folhas pequenas cinza-esverdeadas (ou verde azuladas), arredondadas e divididas em folíolos lobados. Suas flores em forma de sino, possuem cinco pétalas, surgem em talos altos que ficam acima da folhagem. Pela sua beleza, são muito usadas como flores de corte.

Ela é sensível à temperaturas altas. Gosta de ficar em sol pleno, seis ou mais horas de luz direta do sol por dia, ou em meia-sombra. Mas no verão, depois da floração, dê preferência para local com um pouco de sombra, senão poderá prejudicá-la.

Plante em vasos com, pelo menos, 30 cm de profundidade, nunca menor. Utilize solo rico em matéria orgânica que seja bem drenável. Dê preferência para mistura de plantio contendo rocha ou areia.

A poda pode ser feita removendo caules murchos e desbotados, para promover a floração. Além disso é recomendado o corte das plantas após a floração, para promover o espalhamento e permitir que os brotos apareçam e cresçam. Podem ser reduzidas à metade da sua altura após a floração.

Como cuidar de aquilégia, Aquilegia vulgaris
Dicas para cuidar de aquilégia, Aquilegia vulgaris

Normalmente vive por dois a três anos, mas podem ser facilmente semeadas pelas próprias sementes que caem na terra.

A propagação pode ser realizada por sementes (semeia por si só, pelas próprias sementes que caem na terra) ou por transplante. Sendo que por semente é mais fácil, mas pode demorar dois anos para dar flor. Ela não é uma planta fácil de dividir, pois suas raízes são profundas.

Caso deseje fazer a divisão para transplante, cave o mais fundo possível em um círculo ao redor das raízes. Puxe para cima sem quebrar a bola de terra, divida rapidamente com instrumento afiado. Deixe o máximo possível de terra ao redor das raízes e replante rapidamente. Senão o risco dela morrer é grande.

Durante o crescimento e a floração pode utilizar fertilizante diluído em água.

Quantidade de água na rega da aquilégia

A rega deve ser feita regularmente, tenha cuidado para não regar demais. O solo deve ficar úmido mas nunca encharcado, nem completamente seco.

No inverno reduza a rega, pois o solo demora mais a secar.

É tóxica para cães e gatos?

Toda a Aquilegia é tóxica, sendo que as maiores concentrações do princípio tóxico estão na raiz e sementes. Essas toxinas são cardiogênicas, interrompem a atividade normal do músculo cardíaco, fazendo o coração perder sua capacidade para bombear sangue em quantidade suficiente. Portanto não deixe seu companheiro comer, caso ele coma, leve-o imediatamente ao veterinário.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.