Como cuidar de arália-japonesa

Como cuidar de arália-japonesa? A Fatsia japonica, mais conhecida como arália-japonesa ou simplesmente arália, é um arbusto perene nativo das ilhas do Japão, Coréia e Taiwan. É uma planta resistente e fácil de cuidar. Neste post trazemos algumas dicas sobre o cultivo da arália, tipo de solo, quantidade de luz e água. Será que é tóxica para cães e gatos?

Dicas para cuidar de arália-japonesa

A arália-japonesa costuma ficar entre 2,5 e 4 m de altura, e pode levar 20 anos para atingir sua altura máxima. Dentro de casa pode chegar a 1,8 m de altura. Possui folhas verde-escuras grandes (45 cm de comprimento), lindas e brilhantes, lobadas e coriáceas. Seus caules são robustos e esparsamente ramificados, com textura semi-lenhosa. Suas flores são brancas e pequenas, tipo umbelas, e os frutos pequenos e negros.

É uma planta que gosta de ficar em meia sombra ou sombra e prefere temperaturas entre 15 e 24ºC. Deve ser evitada a superexposição à luz solar, que pode deixar as folhas escurecidas ou esbranquiçadas, também pode deformar o crescimento.

Deve ficar em vaso bem drenável com solo rico em matéria orgânica que seja bem drenável. Dê preferência para solos com giz, areia ou argila, que melhoram a drenagem. Quem quiser pode utilizar mix de plantio com turfa e perlita.

A poda pode ser necessária para manter o tamanho desejado e para que ela não saia muito do vaso. Quando a planta estiver ficando grande demais para o vaso, realize o replantio. O replantio pode ser utilizado uma vez ao ano, passando a planta para um vaso de um número maior.

Como cuidar de arália-japonesa, Fatsia japonica
Dicas para cuidar de arália-japonesa

Sua propagação pode ser feita por semente, estaquia dos ramos ou alporquia. Como o florescimento é difícil dentro de casa, a propagação por estaquia, corte dos caules, pode ser a melhor opção para propagar a planta. Basta corta um pedaço do caule de uma planta madura, utilize hormônio enraizador na ponta cortada. Coloque em pote com solo úmido e cubra com saco plástico. Deixe em local quente e úmido, até que apareça um novo crescimento. Normalmente as raízes aparecem dentro de um a dois meses.

Pode utilizar fertilizante líquido diluído durante toda estação de crescimento. Mas depois reduza bem o uso, aplicando apenas uma vez no mês, se achar necessário.

Quantidade de água na rega da arália-japonesa

A rega deve ser feita regularmente para matê-la umedecida, principalmente na época do crescimento. Não deixe o solo secar completamente entre as regas, coloque o dedo na terra para sentir. Notando que a parte superior do solo secou (um terço do solo), regue completamente até ver a água saindo pelos furos do fundo do vaso. No outono e inverno reduza muito a rega, pois vai demorar bastante para secar.

É importante não deixar a planta encharcada, pois pode matá-la apodrecendo a raiz. A falta de água deixa as bordas das folhas marrons, pode crescer errado ou folhas pálidas com manchas brancas. A água em excesso deixe o caule amarelado ou escurecido, as folhas inferiores podem ficar amareladas e murchas.

Se manter em local com muita luz brilhante, tenha atenção quanto à secura do solo. Não costuma precisar de umidade adicional dentro de casa, mas mantenha longe de corrente de ar forte ou fria.

É tóxica para cães e gatos?

De acordo com a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais, a arália-japonesa não possui princípios tóxicos para cachorros e gatos. Mesmo assim é bom evitar que seu companheiro coma, para não ficar engasgado.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.