Como cuidar de aroeira-mansa

Como cuidar de aroeira-mansa? A Schinus terebinthifolius é mais conhecida como aroeira-mansa, aroeira-vermelha, aguaraíba, aroeira-pimenteira, aroeira-do-brejo, Brazilian Peppertree (em inglês), entre outros nomes. É uma planta perene nativa da América do Sul, mais precisamente do Brasil, Argentina e Paraguai. Neste post trazemos algumas dicas sobre o cultivo da aroeira-mansa, tipo de solo, quantidade de luz e água. Será que é tóxica para cães e gatos?

Dicas para cuidar de aroeira-mansa

A aroeira-mansa é uma árvore dióica (cada árvore possui flores masculinas e femininas em pés separados), que pode atingir até 8 metros de altura, com uma copa densa e arredondada. O caule é tortuoso com casca escura e fissurada. Suas folhas são coriáceas verde-escuras brilhantes, imparipinadas (número de folíolos é ímpar), que podem ter até 12 cm de comprimento. As flores são pequenas, na cor creme, e produz um fruto vermelho bastante decorativo, que serve de alimento para algumas aves.

É uma planta que gosta de ficar no sol pleno, seis ou mais horas de luz direta de sol por dia.

Como cuidar de aroeira-mansa, Schinus terebinthifolius
Dicas para cuidar de aroeira-mansa

Deve ser plantada em vaso bem drenável com furo no fundo. Suporta a maioria dos solos, mas prefere solo bem drenável rico em matéria orgânica. É muito comum em substratos calcários. Quem quiser pode utilizar mix de plantio que contenha argila ou areia, que aumente a drenagem.

A poda pode ser necessária para manter o formato desejado da planta, pois ela pode ser utilizada inclusive como cerca-viva. Realize a poda no final do inverno.

Se propaga rapidamente na natureza, por isso é considerada invasiva em alguns países. Pode ser propagada tanto por semente quanto por estaquia.

Quantidade de água na rega da aroeira-mansa

A aroeira-mansa é uma planta resistente à seca, necessitando de regas ocasionais no verão quando já for adulta. Enquanto estiver na fase do crescimento, é preciso regar mais, para manter o solo úmido, mas nunca encharcado. No inverno reduza bastante a rega, pois demora para secar o solo.

É tóxica para cachorros e gatos?

De acordo com o USDA, Departamento de Agricultura nos Estados Unidos, a Schinus terebinthifolius pode ser tóxica sim para alguns animais. Portanto evite que seu companheiro ingira esta planta. Notando algo errado, procure o veterinário/

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.